Como um Detetive Particular Pode Salvar A Sua Empresa

 

detetive profissional

Quando Mikael Blomkvist aceitou sua condenação a três meses de prisão e uma multa expressiva, não imaginava que poderia contar com a ajuda de um detetive confiável para provar sua inocência e colocar atrás das grades o magnata das empresas Wennerstrom por crimes financeiros.

Foi só quando precisou da ajuda de um detetive profissional para desvendar o maior mistério de sua carreira que ele conhece Lisbeth Salander, a melhor e mais esquisita detetive da Milton Security.

Apesar de estar falando do enredo da trilogia Millennium, que começa com Os Homens que Não Amavam as Mulheres, onde em uma brilhante investigação empresarial, Lisbeth descobre todos os “podres” do algoz de Mikael. Isso poderia muito bem acontecer na sua empresa.

Por isso, vamos te ajudar a entender como um detetive particular pode salvar o seu negócio.

Por que contratar um detetive profissional?

Um detetive profissional se faz necessário para iniciar ou dar andamento a uma investigação empresarial.

E ao contrário do que muitos pensam, essa investigação não tem como objetivo incriminar, envergonhar ou desconfiar de ninguém. Ela funciona simplesmente como uma ação preventiva para que você mantenha em segurança tudo o que lutou tanto para construir.

Ou seja, um detetive confiável vai averiguar se há em seu negócio atividades suspeitas e identificar possíveis riscos para a saúde da sua empresa.

Quando iniciar uma investigação empresarial?

Se você ou uma agência de detetive profissional identificar possíveis irregularidades em sua empresa, está na hora de investir em uma investigação empresarial para dizimar qualquer possibilidade de prejuízo.

As principais situações que pedem uma investigação são:

  • Fraudes e extorsões;
  • Chantagens;
  • Furtos ou desvios;
  • Funcionários desleais;
  • Espionagem industrial;
  • Prejuízos em geral.

Algumas situações diferentes das listadas acima podem exigir do investigador conhecimento amplo das leis e técnicas de monitoramento.

Como é realizada a investigação na empresa?

Dependendo da complexidade do problema, a investigação empresarial pode ocorrer de duas formas:

Monitoramento da comunicação interna

Nesses casos, desconfia-se que algum funcionário ou um grupo de, estejam repassando informações, fazendo extorsões e fraudes, promovendo prejuízos a empresa.

Falando novamente sobre o livro, no primeiro e no segundo, intitulado A Menina que Brincava com Fogo, nos deparamos com dois exemplos de como funciona o monitoramento da comunicação interna e como ele pode salvar uma empresa.

No primeiro caso, a equipe da revista Millennium tinha um funcionário que repassava informações ao concorrente da revista, atrapalhando assim a publicação das pautas exclusivas.

No segundo livro, um dos funcionários da Milton Security, em uma das investigações descobriu fotos íntimas da cliente e as vendeu para um jornal. Além disso, planejava extorquir a cliente até arrancar todo o dinheiro que ela tinha.

Até que Lisbeth, que costumava ficar de olho em seus colegas de trabalho, descobriu o que ele estava tramando e alertou o dono da empresa, afirmando que ele não era confiável

Para o sucesso desse método de investigação, é necessário recorrer a tecnologia fazendo uso de equipamentos e softwares instalados em celulares, computadores e tablets que captam ligações, conversas, troca de mensagens, envio de fotos e vídeos. Além das gravações das câmeras de segurança.

Infiltração na empresa

Em algumas situações, apenas acompanhar a comunicação interna não é o suficiente para descobrir a origem do problema.

Nesses casos, é necessário que um detetive confiável se infiltre na empresa para coletar mais informações. Esse tipo de investigação é muito comum em casos de fraudes e desvios, principalmente se o detetive precisar realizar uma averiguação de ex funcionário.

No livro, também temos um exemplo dessa situação quando Lisbeth se infiltra nos arquivos da Indústria Vanger para descobrir a ligação entre um ex-funcionário e uma série de crimes brutais.

O objetivo de ambos os métodos não é apenas descobrir o foco do problema, como também reunir documentos que provem fraudes, desvios e outras irregularidades.

 

Fonte :https://www.dntonline.com.br/como-um-detetive-particular-pode-salvar-sua-empresa/

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Fique ligado nas

Notícias

Técnicas de espionagem ajudam advogados

Como encontrar bens dos devedores e provas de fraudes? Com ajuda do ex-advogado e jornalista investigativo Glenn Greenwald, o ex-analista da CIA Edward Snowden expôs